Olá!

Quem me acompanha no IG sabe que eu derrubei e quebrei o vidro com o Kefir! (#desastrada) Fiquei bem chateada mas a verdade é que, além de não ter tido o benefício esperado (melhora do funcionamento intestinal), eu tinha muita dor de barriga com ele. Tentei diversas formas de uso, me indicaram deixar o máximo de horas possível fermentando, mas mesmo assim não me adaptei. Leite de vaca sempre me deu dor de barriga, devo confessar… os derivados não, somente leite! Não tenho nenhuma intolerância/ alergia (que eu saiba, até hoje, não!) Mas o Kefir potencializava!!!

E, como eu sei que tem muita gente que se beneficia com o uso do Kefir, resolvi complementar o Post anterior aqui falando como eu cuidava dos “Floquinhos de Neve”. Eles cresceram muito e cheguei a doá-lo umas 4x em menos de 3 meses de tanto que cresceram! Não deu certo para mim mas conheço muitas pessoas que não vivem sem, então acho que vale a pena testar!

 

kefir imagem blog

Como eu cuido dos “Floquinhos de Neve” – apelido que meu marido deu para eles!rss 

  • Armazeno os grãos de kefir em um recipientes de vidro (pode ser de plástico também mas eu prefiro de vidro);
  • Acrescento Leite Integral – para esta quantidade de Kefir que tenho hoje eu coloco em média 450ml.
  • Tampo e coloco um prato fundo com agua e vinagre para impedir que formigas e outros insetos invadam o recipiente – isto não pode acontecer!
  • Eles gostam de escurinho então eu coloco o recipiente dentro do microondas (desligado!) e deixo por 36h a 48h. Nas primeiras vezes eu deixei 24h mas eu sentia muita dor de barriga então li que se isto acontecesse era recomendado deixar no mínimo 36h e deu certo! Ele fica mais azedo e fedido, mas ok, ele é ruim de qualquer jeito!
  • Depois de 36-48h eu coo os floquinhos numa jarra de vido com uma peneira de plástico e auxilio de uma colher de plástico também.
  • Lavo a peneira, a colher e o recipiente de vidro com água filtrada e retorno os floquinhos nele repetindo todo o processo.
  • Toda vez que vejo que ele está bem “gosmentinho” eu lavo eles com o próprio Leite integral e utilizo este leite normalmente. Algumas pessoas, inclusive a moça que me doou, dizem que ele pode ser lavado em água corrente mas pesquisei muito a respeito e achei que a lavagem com o próprio leite condiz mais com o perfil do Kefir de Leite. Tanto que meus floquinhos vieram muito fraquinhos e as únicas mudanças que fiz em relação aos cuidados com eles foi colocá-lo no escurinho (microondas desligado), lavá-los com leite e utilizar leite integral.

No começo parece bem complicadinho mas logo logo você se adapta e vira rotina! Eu cheguei a usar Leite semi-desnatado mas percebi que eles “gostam” bem mais do Leite integral e foi com ele que eles crescem bem gordinhos e muuuuito!! Ahhh… tive dor de barriga com o uso dos dois leites.

Espero ter ajudado e não se esqueçam que o kefir é adquirido por doação, só dá um google “doadores de Kefir” que já aparece inúmeros doadores!